Tesouro Direto é Melhor que Poupança?

Se você é um pequeno investidor e deseja um tipo de investimento mais atrativo que a poupança talvez o tesouro direto seja o que você esteja procurando.

Por desconhecimento grande parte dos brasileiros se limitam a deixar suas economias na famosa caderneta de poupança. Alguns especialistas não consideram a poupança como investimento, pois sua rentabilidade é muito baixa e dependendo do cenário econômico do país, se a inflação estiver alta pode afetar profundamente o rendimento que você terá deixando seu dinheiro parado apenas na poupança. Aqui vale um alerta clássico que todos os bons investidores recomendam, “Diversifique sempre” ou “Nunca deixe todos os ovos em um mesmo cesto”.

Antes de nos aprofundar nesse tema é importante você entender o conceito de tesouro direto e poupança.  O Tesouro Direto é um programa de negociação de títulos públicos a pessoas físicas por meio da internet. Para o pequeno investidor, o Tesouro Direto é considerado uma opção de investimento de baixo custo e segura, já que os títulos públicos são considerados os ativos com menor risco em uma economia.

Poupança, é uma forma de investimento de baixo risco cuja operação é regida por regras específicas estabelecidas pelo governo para depósitos de poupança.

Grande parte da população acaba optando por Poupança porque desconhecem os outros tipos de investimento e pelo fato da poupança oferecer pouco risco ou quase nenhum para seus investidores.

Uma das nossas missões aqui no investidor inteligente é trazer conteúdo de valor para seus leitores. Estamos comprometidos em ajudar as pessoas a se libertar de medos e pensamentos que possam estar sabotando sua vida financeira.

A arma principal de todo investidor é a informação. Você precisa estudar, se planejar e conhecer novas maneiras de investimento, se quiser chegar a um próximo nível na sua vida financeira.  Se hoje você tem 10.000 reais a sua disposição e você não sabe se seria melhor deixar seu dinheiro na poupança ou investir em um tesouro direto observe a simulação que fizemos abaixo:

tesouro direto1

Observe no nosso exemplo que aplicando 10.000 reais em um prazo de 4 anos você vai ter de rendimento 18.097,91, enquanto que deixando o dinheiro parado na poupança seu retorno seria de 12.624,77, ou seja, se você simplesmente ignorar a possibilidade de investir em Tesouro Direto e deixar o dinheiro na poupança estará perdendo 5.473,14.

Saber escolher um bom título de Tesouro Direto também é algo vai fazer a diferença nos seus rendimentos. Hoje boa parte das corretoras tem em seus sistemas simuladores semelhantes ao do nosso exemplo, isso vai te permitir fazer sempre a melhor escolha, de acordo com seus objetivos.

Ok, a essa altura você já deve ter se convencido que investir em tesouro direto é uma melhor opção do que deixar o dinheiro na poupança, mesmo com algumas taxas que se paga ao longo do tempo. Surge então outras dúvidas com relação a esse investimento.

Como Faço Para Investir no Tesouro Direto?

Segue abaixo os passos necessários para que você comece a investir em Tesouro Direto ainda hoje.

1 – Cadastre-se no site do Tesouro Direto e abra uma conta em uma corretora de valores.

O processo é simples e não toma muito tempo. Caso você já tenha conta em corretora, fica ainda mais fácil.

Existem hoje no mercado diversas corretoras, pesquise e se informe a respeito delas. Escolha aquela que oferecer melhores serviços com um menor custo.

2 – Analise o prazo do título que pretende comprar

É importante que o prazo do título esteja relacionado com seu objetivo para a aplicação. Se estiver juntando dinheiro para comprar um carro, uma casa ou se aposentar, por exemplo, prefira títulos com prazos de vencimento mais longos. Títulos com prazos de vencimento mais longo normalmente vai te proporcionar uma rentabilidade maior.

Fique atento para um detalhe, se o investidor resgatar um papel antes do vencimento, ele pode amargar perdas, portanto compre tesouro direto mas sempre tenha em mente qual o seu objetivo com aquele investimento.

3 – Acompanhe o desempenho

O maior interessado no desempenho de seus investimentos é você, portanto é fundamental que você acompanhe a evolução de qualquer investimento que você faça, seja ele em ações, tesouro direto, etc.

Se você está investindo em tesouro direto como mais uma forma de investimento, recomendo que faça o acompanhamento de seus títulos pois dependendo do título, pode valer a pena vender antes do vencimento previsto.

4 – O Tesouro disponibiliza reinvestimento automático e compra programada

Essa funcionalidade certamente estará disponível no site da sua corretora. Para investidores de longo prazo é uma excelente opção, você pode comprar títulos todo mês ou comprar e vender, de acordo com a rentabilidade dos títulos e dos seus objetivos.

5 – Resgates diários

Se você tem vários títulos de tesouro direto e um deles vence, por exemplo em  2020, você não precisa necessariamente esperar até esse ano para efetuar o resgate. O Tesouro Nacional recompra os papéis em poder do público todos os dias úteis, portanto a liquidez é diária.

Resumidamente podemos entender esse processo da seguinte maneira:

26_info_tesouro

Gostou? Marque 5 Estrelas!

Elmar Oliveira

Elmar Ricardo é empreendedor Digital e Consultor BI, começou sua vida profissional estagiando construindo sistemas, passando a analista de Sistemas de Business Intelligence. Se especializou nas ferramentas SAP e trabalhou muitos anos como consultor na área de TI. Hoje o Autor é empreendedor digital atuando em alguns nichos específicos. Investidor e Empreendedor, ajuda várias pessoas com dicas sobre finanças e mudanças de MindSet para investimentos.

Website: http://www.investidorinteligente.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *